Aproximações à estética Marxista: subsídios para compreender a crise da arte

Autores

  • Maria Flávia Silveira Barbosa Instituto de Artes/Universidade Federal de Uberlândia
  • Rafael Beling Faculdade de Ciências e Letras/ Universidade Estadual Paulista/ Araraquara

Palavras-chave:

Estética, Marxismo, Arte na atualidade, Ensino de arte

Resumo

A proposta deste trabalho é refletir sobre a crise da arte, a partir das ideias estéticas de Marx. Nesse sentido, busca-se a colaboração de autores marxistas contemporâneos: Adolfo Sánchez Vázquez e Celso Frederico. A hipótese é que a concepção marxiana de arte pode lançar luz à compreensão de certa crise observada na produção e no consumo da arte, na atualidade. A arte a serviço do capital – de consumo fácil, superficial e ligeira; própria ao gozo do homem massificado – não se tem prestado à elevação das consciências, potencial assinalado nas elaborações de Marx. O objetivo último destes estudos é fazer a ponte entre essa perspectiva do conhecimento estético e a prática pedagógica, contribuindo para o avanço no campo do ensino de arte.

Biografia do Autor

Maria Flávia Silveira Barbosa, Instituto de Artes/Universidade Federal de Uberlândia

Mestre em Educação: Faculdade de Educação/UNICAMP

Doutora em Educação: Faculdade de Educação/USP

Rafael Beling, Faculdade de Ciências e Letras/ Universidade Estadual Paulista/ Araraquara

Mestre em Música: Instituto de Artes/ UNICAMP

Doutorando em Educação: Faculdade de Ciências e Letras/ UNESP-Araraquara

Referências

FREDERICO, Celso. A arte no mundo dos homens. O itinerário de Lukács. São Paulo, Expressão Popular, 2013.

MARX, Karl. Manuscritos econômico-filosóficos. São Paulo, Boitempo, 2010.

SÁNCHEZ VÁZQUEZ, Adolfo. As idéias estéticas de Marx. 2 ed. Rio de Janeiro, Paz e Terra, 1978.

______ . Ideas estéticas en los “Manuscritos económico-filosóficos” de Marx. Diánoia, Cidade do México, Fondo de Cultura Económica/ UNAM, vol. 7, n. 7, 1961, pp. 236-258.

Downloads

Publicado

18.12.2018

Como Citar

Barbosa, M. F. S., & Beling, R. (2018). Aproximações à estética Marxista: subsídios para compreender a crise da arte. Revista Da FUNDARTE, 36(36), p.46–62. Recuperado de https://seer.fundarte.rs.gov.br/index.php/RevistadaFundarte/article/view/515

Artigos Semelhantes

<< < 26 27 28 29 30 31 32 33 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.