POR UMA EDUCAÇÃO FORA DO ARMÁRIO:

Um olhar para o Gênero, o Sexo, a Sexualidade e a Binariedade

Autores

  • Bruno Flores UERGS
  • Eduardo Guedes Pacheco

DOI:

https://doi.org/10.19179/rdf.v52i52.1162

Palavras-chave:

LGBTQIAP , Sexualidade, Binariedade

Resumo

O texto aqui apresentado compõe o conjunto de trabalhos do Grupo de Pesquisa CAPES Zona de Investigações Poéticas - ZIP e do Programa de Pós-Graduação em Educação - Mestrado Profissional da UERGS, sendo parte da proposta de dissertação intitulada “ESQUIZOESCOLA: Experiências de corpos desejantes por outras educações”. Este artigo tem a intenção de discutir sobre as questões de gênero, sexo e sexualidade e como estes entendimentos são atravessados pelas perspectivas propostas pela binariedade. Para tanto, o trabalho busca problematizar cada um destes termos apresentando entendimentos mais amplos do que aqueles tratados pelos dualistas. A realização deste movimento acontece acompanhado de referências como Rudião Rafael Wisniewski, Guacira Lopes Louro,  Denise da Silva Braga, entre outras, e algumas falas de manifestos LGBTQIAP+. O texto, junto a problematização desses conceitos, apresenta um recorte histórico sobre a construção do movimento LGBTQIAP+ e da cisheteronormatividade. 

Referências

BRAGA, Denise da Silva. Heteronormatividade e sexualidades LGBT: repercussões dos discursos escolares sobre sexualidade na constituição das sexualidades não normativas. 2012. 174 f. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2012.

DIVERSITY BBOX. Guia de linguagem inclusiva: todxs nós. 2020. Disponível em: <https://pji.portaldosjornalistas.com.br/wp-content/uploads/2020/05/GuiaTodxsNos.pdf> Acesso em 05 de abr. de 2022.

ICLE, Gilberto; BONATTO, Mônica Torres. Por uma pedagogia performativa: A escola como entrelugar para professores-performers e estudantes-performers. Cad. Cedes, Campinas, v.37, n.101, p.7 -28, jan.-abr., 2017. DOI: https://doi.org/10.1590/cc0101-32622017168674

LOURO, Guacira Lopes. Um corpo estranho. Ensaios sobre sexualidade e teoria queer. Belo Horizonte: Autêntica 3ª Ed., 2018a.

______ (Org.). O corpo educado: pedagogias da sexualidade. Belo Horizonte: Autêntica, 3ª Ed., 2018b.

______. Uma leitura da história da Educação sob a perspectiva do gênero. Teoria e Educação, Porto Alegre, n.6, 1992. p.53-67.

VEIGA, Edison. Há 30 anos, OMS retirava homossexualidade da lista de doenças. 2020. Disponível em: <https://www.dw.com/pt-br/h%C3%A1-30-anos-oms-retirava-homossexualidade-da-lista-de-doen%C3%A7as/a-53447329> Acesso em 09 de abr. de 2022.

WISNIEWSKI, Rudião Rafael. Gênero e Diversidade: Educação e (in)visibilidade LGBTQ nos espaços urbanos. Revista Atos de Pesquisa em Educação, Blumenau, v. 15, n. 1, p. 76-93, jan./abr. 2020. DOI: https://doi.org/10.7867/1809-0354.2020v15n1p76-93

Downloads

Publicado

14.12.2022

Como Citar

Flores, B., & Guedes Pacheco, E. . (2022). POR UMA EDUCAÇÃO FORA DO ARMÁRIO:: Um olhar para o Gênero, o Sexo, a Sexualidade e a Binariedade. Revista Da FUNDARTE, 52(52). https://doi.org/10.19179/rdf.v52i52.1162