Igualdade não tem cor

Autores

  • Janaína Hahn Ramos Faculdades Integradas de Taquara FACCAT
  • Beatriz Regina Martins Faculdades Integradas de Taquara FACCAT
  • Magda Maria Saraiva EMEI Alice Maciel

Palavras-chave:

Cultura Africana, diversidade, educação infantil.

Resumo

O artigo a ser apresentado faz parte do projeto Igualdade não tem cor, aplicado por duas acadêmicas bolsistas do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID) – subprojeto Educação Infantil, do curso de Pedagogia das Faculdades Integradas de Taquara (FACCAT), sendo realizado na EMEI Alice Maciel, tendo como objetivo sensibilizar as crianças para o respeito, apreciação e valorização da cultura africana através do lúdico. No decorrer do projeto, foram desenvolvidas várias práticas significativas, oportunizando aos alunos contextualizar e vivenciar a cultura africana tendo como fonte de inspiração imagens, vídeos e brincadeiras do continente africano. A proposta evidenciou oferecer para esta faixa etária de 4-5 anos a importância de convivermos socialmente com as mais diferentes origens culturais.

Downloads

Publicado

09/07/2015

Como Citar

Ramos, J. H., Martins, B. R., & Saraiva, M. M. (2015). Igualdade não tem cor. Encontro De Pesquisa Em Arte Da FUNDARTE/Seminário Dos Grupos De Pesquisa Da UERGS/Montenegro, (8), P. 277–280. Recuperado de https://seer.fundarte.rs.gov.br/index.php/epa/article/view/292