RELATO DE EXPERIÊNCIA- PROJETOS SOCIOCULTURAIS: CRIANÇAS E ADOLESCENTES EXPERIENCIANDO O BALLET CLÁSSICO NA COMUNIDADE

Autores

  • Roberta Soares Cornely Universidade Estadual do Rio Grande do Sul- UERGS

Palavras-chave:

Dança, música, educação social, cidadania

Resumo


RESUMO: Este artigo trata-se de um relato de experiência sobre projeto sociocultural desenvolvido na Estação Cidadania Cultura, equipamento público de arte, cultura e esporte integrados na cidade de Novo Hamburgo/RS. Pensando no contexto das crianças e adolescentes com o intuito de proporcionar à eles novas possibilidades para o exercício da cidadania, surgiu  a necessidade de organizar o espaço através de oficinas, com a intenção de promover a socialização, a coletividade, o respeito às diferenças e a integração, ocupando o espaço como ferramenta potente e  promotora de autonomia e protagonismo das pessoas que constituíram aquela nova comunidade. O projeto Bailarinando na Estação para as crianças e adolescentes, tem a intenção de despertar o desejo pela cultura através da dança, proporcionando aos envolvidos momentos e experiências para ressignificações e descobertas, de si mesmo e sua vida, elevando a autoestima, reconhecendo-se cidadão de direitos, com especificidades, singularidades e talentos e especialmente propondo outros caminhos.


Biografia do Autor

Roberta Soares Cornely, Universidade Estadual do Rio Grande do Sul- UERGS

Especialização em Educação, Pobreza e Desigualdade Social pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Brasil(2019) Graduação em Pedagogia pela Universidade Paulista (2019). Graduanda em Psicopedagogia Clínica pela Universidade Farese (2021). É Professora da Prefeitura Municipal de Novo Hamburgo. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Direitos Humanos, especializada nos Direitos da Criança e do Adolescente, Conselheira Tutelar ( 2006 a 2019) na cidade de Novo Hamburgo. Palestrante sobre Direitos das crianças e Adolescentes e Direitos das Mulheres. Fundadora do Coletivo Feminista Elza Soares (2019). Representante da Cultura na Rede Integrada de Laços Lilás (rede de atendimento às mulheres vítimas de violência). Gerente de Gestão de Projetos Socioculturais na Secretaria da Cultura de Novo Hamburgo.

Referências

COSTA, Marisa Vorraber. Caminhos Investigativos II: outros modos de pensar e fazer pesquisa em educação. Rio de Janeiro: DP&A, 2002.

FUX, Maria. Dança Experiência de Vida. São Paulo: Summus, 1983

LARROSA, Jorge. Linguagem e educação depois de babel. Tradução Cyntia Farina. Belo Horizonte: Autêntica, 2004.

FREIRE, P. Educação como prática de liberdade. 14.ed., Rio de Janeiro: Paz & Terra, 1983

_________. Pedagogia da Autonomia: Saberes necessários para a prática educativa, 7.ed., Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2002

HALL, S. Raça, cultura e comunicações: olhando para trás e para frente dos Estudos Culturais. Trad. Helen Hughes. Rev.Téc.: Yara Aun Khoury. Universidadfe de Massachussets, EUA: Amherst, 1989

Downloads

Publicado

25/11/2021

Como Citar

Soares Cornely, R. (2021). RELATO DE EXPERIÊNCIA- PROJETOS SOCIOCULTURAIS: CRIANÇAS E ADOLESCENTES EXPERIENCIANDO O BALLET CLÁSSICO NA COMUNIDADE. Seminário Nacional De Arte E Educação, 27(27), 1003. Recuperado de https://seer.fundarte.rs.gov.br/index.php/Anaissem/article/view/1003

Edição

Seção

27º Seminário Nacional de Arte e Educação - RELATO DE EXPERIÊNCIA