O TEATRO COMO POTÊNCIA NA FORMAÇÃO DO(A) ALUNO(A) ESPECTADOR(A)

Autores

  • Anderson Barbosa Soares Universidade Federal de Pelotas
  • Andrisa Kemel Zanella Universidade Federal de Pelotas

DOI:

https://doi.org/10.19179/2319-0868.909

Palavras-chave:

Formação do(a) aluno(a)-espectador(a). Teatro na escola. Educação básica.

Resumo

Esta escrita propõe uma discussão sobre a formação do(a) aluno(a)-espectador(a) a partir da linguagem teatral no contexto escolar. O texto é resultado de um trabalho de conclusão do Curso de Teatro de uma instituição pública do sul do país, realizado no período pandêmico, de modo online. Elabora-se uma escrita buscando empreender um diálogo entre os autores-guias (Taís Ferreira e Flávio Desgranges) e as vivências dos sujeitos colaboradores, professores da educação básica. Como reflexões resultantes do processo de pesquisa, observa-se que a inserção da linguagem teatral na escola a partir da experimentação e fruição são determinantes para a constituição do aluno(a)-espectador(a). 

Biografia do Autor

Anderson Barbosa Soares, Universidade Federal de Pelotas

Estudante do curso de Teatro licenciatura da Universidade Federal de Pelotas. Atualmente está vinculado ao programa Residência Pedagógica, fez parte do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID) e suas áreas de interesse são: pedagogia teatral, a formação do espectador, currículo e teatro na educação.

Andrisa Kemel Zanella, Universidade Federal de Pelotas

Professora do Curso de Dança licenciatura e Teatro licenciatura do Centro de Artes da Universidade Federal de Pelotas.

Referências

Referências

CARVALHO, Rodrigo Saballa de; FERREIRA, Taís. Múltiplas Linguagens: As Crianças do teatro à Internet. Dos artefatos, linguagens e modos de ser das crianças na contemporaneidade. Revista Digital Art& - ISSN 1806-2962 - Ano II - Número 02 - Outubro de 2004. Disponível em:<https://www.academia.edu/4068538/M%C3%BAltiplas_linguagens_as_crian%C3%A7as_do_teatro_%C3%A0_Internet_2004> Acesso em: 20 jul. 20.

DESGRANGES, Flávio. A pedagogia do Espectador. São Paulo, Hucitec, 2003.

FERREIRA, Taís. Professores/as de teatro e dança brasileiros/as como espectadores. 2017. Tese (Doutorado em Artes Cênicas). 301f – Universidade Federal da Bahia – Escola de Teatro, Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas. Bahia, 2017.

______. Teatro na sala de aula, no pátio, na biblioteca, no auditório, na rua… In: FERREIRA, Taís; FALKEMBACH, Maria da Fonseca. Teatro e dança nos anos iniciais. Porto Alegre, Mediação, 2012.

______. A escola no teatro: o teatro na escola. Porto Alegre, Mediação, 2010.

______. Teatro infantil, crianças espectadoras, escola – Um estudo acerca de experiências e mediações em processos de recepção. 2005. Dissertação (Mestrado em Educação) 236f - Faculdade de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal do Rio Grande do sul. Porto Alegre, 2005.

SOARES, Carmela. Teatro e educação na escola pública: uma situação do jogo. In: ADERNE, Silvia. Entre coxias e recreios: recorte da produção carioca sobre o ensino de teatro. Yendis, 2006, p. 97-111.

Downloads

Publicado

30/09/2021

Como Citar

Barbosa Soares, A., & Kemel Zanella, A. (2021). O TEATRO COMO POTÊNCIA NA FORMAÇÃO DO(A) ALUNO(A) ESPECTADOR(A). Revista Da FUNDARTE, 46(46), 1–20. https://doi.org/10.19179/2319-0868.909