Processos de Criação Coletiva na aula de música uma investigação com alunos de 8 a 15 anos da Rede Municipal de Porto Alegre

Autores

  • Michelle Cavalcanti Aguiar
  • Eduardo Guedes Pacheco

Palavras-chave:

Educação musical, composição musical, atividades criativas em música.

Resumo

O presente trabalho trata de uma pesquisa em andamento realizada no Curso de Especialização em Educação Musical para professores da Educação Básica da UERGS e tem como objetivo investigar sobre a composição coletiva no processo de educação musical com alunos de 8 à 15 anos de uma Escola de Ensino Fundamental da Rede Municipal de Porto Alegre, pertencentes a um projeto de educação musical. Tal pesquisa tem como principais objetivos pensar sobre como a improvisação pode contribuir para a composição musical coletiva, sobre como se configura o processo criativo e sobre como a aprendizagem criativa contribui para esse processo partindo das reflexões trazidas por Brito, Koellreutter e Beineke. Além disso se propõe a pensar sobre como ocorre a tomada de decisões no ato composicional coletivo e sobre o papel do professor neste processo. Tendo como metodologia de pesquisa a pesquisa-ação, se pretende com este trabalho contribuir com a área da educação musical ao refletir sobre a prática docente e a construção de significados na aula de música.

Downloads

Publicado

06/10/2016

Como Citar

Aguiar, M. C., & Pacheco, E. G. (2016). Processos de Criação Coletiva na aula de música uma investigação com alunos de 8 a 15 anos da Rede Municipal de Porto Alegre. Seminário Nacional De Arte E Educação, (25), P. 392 – 398. Recuperado de https://seer.fundarte.rs.gov.br/index.php/Anaissem/article/view/408

Edição

Seção

Mesa Temática 9 - 6º Seminário de Arte e Educação na UERGS (Pesquisa em Andamento)