1.
Kleber M. COMPREENDENDO AS ORIGENS E A ESTRIDÊNCIA DO FORRÓ. SNAEPA [Internet]. 29º de setembro de 2023 [citado 18º de julho de 2024];28(28):1-14. Disponível em: https://seer.fundarte.rs.gov.br/index.php/Anaissem/article/view/1293